Para melhor visualização


gire seu dispositivo para


o modo retrato.


Gire seu dispositivo
Tour Virtual
Procedimentos
Home > Procedimentos > PESA / MESA / TESE / microTESE VOLTAR
PESA / MESA / TESE / microTESE

São procedimentos que visam a obtenção de espermatozoides para tratamento de FIV/ICSI, quando os mesmos não podem ser recuperados a partir do sêmen ejaculado.

Objetivo dos Procedimentos

Obter espermatozoides em casos de azoospermia (ausência de espermatozoides no sêmen ejaculado). Há diferentes formas de azoospermia:

  • Obstrutiva: Os espermatozoides são produzidos normalmente nos testículos, mas não podem sair ao exterior no momento da ejaculação porque há uma obstrução nos condutos, impedindo a sua saída (exemplo: homens que realizaram vasectomia);
  • Não obstrutiva: os espermatozoides são produzidos nos testículos. No entanto, há alguma forma de dano às células encarregadas de produzi-los (sequelas de parotidite, crip­torquidia, varicocele importante, etc.), fazendo com que a produção seja tão pequena que os mesmos não são observados no ejaculado.

Explicação

A depender do tipo de azoospermia, pode-se obter espermatozoides dos testículos (órgãos produtores dos espermatozoides) ou do epidídimo (canal condutor do sêmen e local de armazenamento dos espermatozoides). Em ambos os tipos de procedimento, os espermatozoides obtidos são utilizados para o tratamento de Fertilização “In Vitro” com injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI).           

As técnicas mais frequentemente utilizadas são:

  • PESA: aspiração percutânea de espermatozoides dos epidídimos;
  • MESA: aspiração de espermatozoides dos epidídimos por microcirurgia;
  • TESE: extração de espermatozoides do testículo por biópsia;
  • microTESE: microdissecção testicular, realizada com auxílio de um microscópio cirúrgico, permitindo a visualização do tecido testicular em grande aumento, melhorando a precisão do cirurgião na busca de espermatozoides testiculares.

Para a realização do procedimento, o paciente é submetido a algum tipo de anestesia (local ou geral), a depender da técnica de obtenção dos espermatozoides e do tipo de azoospermia que motivou o procedimento. Assim, nos casos de azoospermia obstrutiva (Ex: vasectomia) frequentemente se propõe PESA ou MESA sob anestesia local ou geral, enquanto nas azoospermias não obstrutivas (Ex: criptorquidia), é proposta a anestesia geral para TESE ou microTESE. A técnica de anestesia é escolhida com base na avaliação de caso a caso.

As técnicas podem ser realizadas com fins de diagnóstico e de tratamento. No caso de diagnóstico, os espermatozoides podem ser congelados para serem utilizados em um tratamento futuro.

Em aproximadamente 50-75% dos casos, existe sucesso na obtenção de espermatozoides, os quais poderão ser utilizados para seguimento do tratamento de Fertilização “In Vitro” com ICSI.




54 3311.6599
54 3311.0423
54 99194.8922
54 99695.0324
Av. Sete de Setembro, 891
Bairro Nonoai - Passo Fundo / RS