Para melhor visualização


gire seu dispositivo para


o modo retrato.


Gire seu dispositivo
Tour Virtual
Procedimentos
Home > Procedimentos > Cultivo Prolongado e Transferência de Blastocistos VOLTAR
Cultivo Prolongado e Transferência de Blastocistos

O cultivo de embriões em laboratório, em determinados casos, pode ser prolongado por um período de cerca de cinco dias, com o auxílio de meios de cultivo especiais, quando tais embriões atingem o estágio de blastocisto. O blastocisto tem a tendência a um melhor potencial de implantação no útero e apresenta maior estabilidade, mantendo a qualidade embrionária, em caso de necessidade de congelamento.

Como habitualmente apenas uma parcela dos embriões formados em Fertilização “In Vitro” tem o potencial de formar blastocistos, o cultivo prolongado possibilita uma melhor seleção dos embriões. Desta forma, o cultivo prolongado geralmente é feito em situações onde o casal tem indicação ou desejo de transferência de um único embrião (para evitar gravidez de gêmeos, por exemplo), em casos de Diagnóstico Genético Pré-Implantacional (pois o blastocisto é mais resistente à biópsia em comparação aos embriões de 3º dia), em casos de repetidas falhas de FIV (falhas de implantação), ou para o congelamento dos embriões excedentes não usados na transferência embrionária inicial à fresco.

O cultivo de blastocistos em Reprodução Assistida não é empregado na totalidade dos casos, entretanto, com a melhora das condições laboratoriais ao longo dos últimos anos, esta técnica tem sido utilizada com cada vez mais frequência.




54 3311.6599
54 3311.0423
54 99194.8922
54 99695.0324
Av. Sete de Setembro, 891
Bairro Nonoai - Passo Fundo / RS