Para melhor visualização


gire seu dispositivo para


o modo retrato.


Gire seu dispositivo
Tour Virtual
Infertilidade
Home > Infertilidade > Infertilidade VOLTAR
Infertilidade

Eficiência Reprodutiva

            Um casal em idade reprodutiva, apresentando relações sexuais regulares e sem uso de método anticoncepcional, obtém em 85-90% dos casos uma gestação ao final de 1 ano de tentativas. Se avaliada mensalmente, a eficiência reprodutiva dos seres humanos (probabilidade de gestação em 1 mês de tentativas) é em torno de 20-25%.

Definição

            A infertilidade conjugal (do casal) é definida como a ausência de gestação após 1 ano de tentativas, com relações sexuais regulares e na ausência de métodos anticoncepcionais. Essa condição afeta 10-15% dos casais, que vão requerer alguma forma de tratamento, na dependência da causa da infertilidade apresentada.

            A ocorrência de infertilidade tem aumentado ao longo do tempo nas mais diversas populações estudadas. Tal fato se deve principalmente ao adiamento do desejo de ter filhos, sendo que atualmente, devido a questões profissionais, familiares e planejamento econômico e social, decidimos ter filhos mais tardiamente.

            A fertilidade natural é altamente sensível ao avanço da idade. Dessa forma, o fato de postergar a maternidade favorece o surgimento de patologias do aparelho reprodutivo, tanto masculino quanto feminino, assim como dá oportunidade para que o envelhecimento natural dos óvulos acabe interferindo e dificultando a fertilidade futura deste casal.

O que pode causar infertilidade?

            A infertilidade conjugal pode ter origem na esposa ou no marido, e não raramente, em ambos. Desta forma, ambos devem ser avaliados simultaneamente, para que se tenha uma idéia clara da causa da dificuldade para engravidar e para que o tratamento proposto seja correto.

Infertilidade Masculina

            A infertilidade relacionada a problemas no homem contribui com cerca de 35% dos casos. As principais possíveis alterações são:

  • Presença de baixo número de espermatozoides no ejaculado;
  • Ausência de espermatozoides no ejaculado, que pode ser devido a uma falha na produção no testículo ou por uma obstrução da via de saída dos espermatozoides;
  • Diminuição da motilidade dos espermatozoides, o que impede que eles encontrem e fertilizem o óvulo;
  • Alterações na forma dos espermatozoides, o que interfere na sua capacidade de penetrarem nas camadas do óvulo;
  • Problemas ou ausência de ejaculação.

Infertilidade Feminina

            A infertilidade relacionada a problemas na mulher contribui com cerca de 50% dos casos. As principais possíveis alterações são:

  • Falta ou dificuldades na ovulação;
  • Alterações nas trompas e/ou peritônio pélvico: dificulta ou impede o encontro entre os espermatozoides e o óvulo;
  • Alterações do útero: doenças como miomas, infecções, aderências no interior da cavidade uterina (sinéquias) ou malformações presentes desde o nascimento podem impedir que o embrião tenha uma implantação correta.           

            Em cerca de 30% dos casais com dificuldade para engravidar encontram-se alterações tanto do lado da esposa quanto do marido (fator misto de infertilidade).

            Ainda, em cerca de 10% dos casais, a causa da infertilidade não é encontrada apesar de toda a investigação ter sido realizada. Tais casos são conhecidos com Infertilidade Inexplicada ou Sem Causa Aparente (ISCA). Mesmo nessa condição, os tratamentos de Reprodução Assistida proporcionam a obtenção de uma gestação em grande parte ds casos.




54 3311.6599
54 3311.0423
54 99194.8922
54 99695.0324
Av. Sete de Setembro, 891
Bairro Nonoai - Passo Fundo / RS